Acessórios
Borracha
Caligrafia
Caneta carimbo
Caneta Corretiva
Caneta Feminina
Caneta Fixa/ Balcão
Caneta Multi-Função
Caneta para Palm
Caneta para Quadro Branco
Caneta Rollerball
Caneta Tinteiro
Caneta Tipo Nanquim
Canivetes
Conjuntos
Estojo de Mesa
Estojos para Canetas
Grafite
Isqueiro
Lápis
Lapiseira
Lapiseira Técnica
Marca Texto
Marcadores
Material Artistico
Pacotes Promocionais
Porta Lápis
Refil
Relógios
Revista
Tinta nanquim
Tinta p/ Caneta Carimbo
Tinta p/ Caneta Tinteiro


Segurança
Compras seguras
Garantia
Como comprar
Prazo de entrega
Não achou seu produto
Valor de frete
Formas de Pagamento
Pagto c/ Boleto Bancário
Impressão do Boleto
Outras dúvidas
Tabela de Frete

até R$ 10,00
de R$ 10,00 a 20,00
de R$ 20,00 a 50,00
de R$ 50,00 a 100,00
de R$ 100,00 a 200,00
acima de R$ 200,00

- Caneta Carimbo - Funcionamento
- Caneta tinteiro e seus cuidados
- Links diversos
- Histórico dos Fabricantes
- Conheça Nossa Loja








Selecionar por Produtos
Selecionar por Fabricantes


História da marca Parker

'' Com um bloco de papéis, algumas ferramentas e idéias, eu fiz a pena,
eventualmente coloquei-a em um suporte e a invenção funcionou!
E o melhor é que funcionou bem!”

George Safford Parker era professor de uma pequena escola na cidade de Janesville, localizada no Estado americano de Winconsin. Para que a sua renda fosse um pouco maior, ele vendia canetas tinteiro para seus alunos. Porém, estas canetas apresentavam defeitos freqüentes e Parker sentia-se na obrigação de consertá-las. Desta forma, ele ganhou credibilidade, aumentado em muito o número de canetas vendidas, e também a sua frustração:

'' Eu posso fazer uma caneta melhor, que seja minha.''

Tendo em mente a necessidade de produzir um instrumento de escrita ''ideal'', George Parker cria sua primeira caneta em 1888. No ano seguinte o projeto é patenteado, e o resto é basicamente a história da escrita moderna no mundo.
Após 5 anos da abertura da sua firma, Parker dava seu primeiro passo comercial registrando a patente da Lucky Curve, Sucesso de vendas até a década de 20.
Em 1917, durante a 1º Guerra Mundial surgiu outro grande negócio: o Departamento de Guerra dos Estados Unidos comprou um grande lote da caneta Parker Trench, que foi distribuída a soldados americanos e europeus nos fronts de batalha. No ano seguinte, Parker alcançou seu primeiro U$$ 1 milhão de dólares de faturamento.
Quatro décadas mais tarde, em 1959, foi inaugurada a sua fábrica no Brasil (São Paulo), dando continuidade à expansão mundial de suas operações.
No ano de 1986, a Companhia Parker foi adquirida por um grupo de gerentes e investidores da Parker européia, dando inicio ao foco da empresa para o mercado de produtos de alto preço.
Em 1990, a Parker encerra sua operação fabril e comercial no Brasil, em virtude do difícil cenário econômico vivido pelo país, voltando a atuar no mercado nacional apenas no ano seguinte, através de um distribuidor contratado.
Em 1993 a Parker Pen Holdings Ltda, foi adquirida por U$$ 500 milhões pela The Gillette Co, empresa mundial de bens de consumo como parte estratégica de diversificação de seus negócios.
Hoje, a Companhia fundada por George Safford Parker é líder mundial no mercado de .instrumentos de escrita, presente em mais de 120 países oferecendo instrumentos de escrita de alta qualidade e tecnologia, que foram também utilizados por celebridades da história mundial, em momentos de definição para o futuro de nossas vidas.
A melhor forma de traduzir esta realidade é através de reflexão sobre uma frase de George Parker, muito simples, mas que ele, mais do que, ninguém, se preocupou em seguir para torna -la realidade:

“Faça algo melhor e as pessoas comprarão”


A História através de seus Produtos


1889 – A primeira caneta Parker é patenteada.

1894 - Lucky Curve: sucesso até os anos 20.

1906 - Parker Snake: tinha uma serpente ao redor do corpo, com os olhos em vidro verde.

1915 - Parker Suástica: com o antigo símbolo da sorte dos índios americanos, as canetas que estavam em estoque na fábrica, juntamente com outras recolhidas pelo mundo, foram enterradas na fundação de uma fábrica em construção da Parker pelo próprio fundador em protesto contra Hittler, já que George Parker era judeu. Há informações de que existem apenas 15 unidades pelo mundo hoje.

1917 -Parker Trench: utilizada pelos soldados americanos e europeus nos fronts da 1 a Guerra Mundial. A tinta vinha em forma de ''pílula'' para ser dissolvida à água da chuva.

1921 -Parker Duofold: esta inovação fez da Parker líder mundial em vendas durante vários anos, Ela tinha 25 anos de garantia, sendo até hoje conhecida como a ''Big Red'' graças a sua cor.

1929 -Parker Depression: após o crack da bolsa americana, George Parker coletou restos de materiais da fábrica para produzir esta linha rara e colorida de canetas.

1933 -Parker Vacumatic: com seu sistema de enchimento com pistão, foi um marco na escrita mundial. Foi a primeira a apresentar clip em forma de flecha, símbolo da marca.

1940 -Parker 51 : em comemoração aos 51 anos da Cia., levou 11 anos para ser projetada. Foi produzida em diversos países (incluindo Brasil), sendo o maior sucesso de vendas da história da indústria de canetas (mais de 20 milhões de unidades vendidas até 1970).

1945 -Parker Jotter: a 1º caneta esferográfica da Parker , escrevendo cinco vezes mais que as concorrentes. Alcançou 3.5 milhões de unidades em seu primeiro ano.

1956 -Parker 61 : a primeira caneta tinteiro Parker a utilizar o sistema de fluxo capilar de tinta criando uma caneta que se auto alimentava, não borrava e ainda escrevia até de cabeça para baixo.

1960 -Parker 45: a 1º caneta com cartucho de tinta descartável.

1963 -Parker 75: feita em prata maciça inspirada no design do século XVII, comemorava o 75º aniversário da marca.

1975 -Parker Sistemarc: a primeira caneta rollerball da Parker.

1982 -Parker Vector: outro grande sucesso mundial de vendas.

1983 -Garantia Vitalícia: concedida para a sua linha de produtos.

1987 -Parker Duofold: relançada sob novo enfoque estratégico da Cia., acrescentando o nome “Centennial” para comemorar o centenário da Parker.

1989 -Parker Place Vendôme: em homenagem a famosa praça Parisiense. Pesquisas apontaram a tinteiro Vendôme como a caneta mais vendida em 1992 na Europa.

1991 -Parker Insignia: revitalizou o mercado de canetas de médio preço, oferecendo acabamentos distintos como o ''Dimonite G'' (baseado na tecnologia da deposição a vapor).

1993 -Linha de acessórios Parker Pen Man: uma linha de cargas esferográficas e tintas de alta tecnologia.

1991-Parker Sonnet: combina o tradicional trabalho artesanal com alta tecnologia de fabricação estimulando novamente o prazer de se escrever.

199X -Parker Frontier: inovadora, com sua pegada emborrachada, formato contemporâneo com uma grande variedade de cores e materiais.


Assinaturas Históricas - Escrevendo a História

2º Guerra Mundial
Em 7 de maio de 1945, duas canetas Parker 51 pertencentes ao General D. Eisenhower foram usadas para assinar o fim da 2º Guerra Mundial.

SET/ 1945 Rendição dos Japoneses
Em 02 de setembro de 1945, o General MacArthur assinou a rendição dos japoneses em Pearl Harbour usando sua Parker Duofold vermelha.

1951 Tratado de Paz dos Japoneses/GATT
Protocolos do GATT foram assinados na conferência das Nações Unidas com uma Parker 51 bem como o Tratado de Paz dos japoneses.

1973 Acordo de Paz com Vietnã
O secretário do Estado William P. Rogers assinou o Acordo de Paz do Vietnã usando uma Parker 75.

1988 Acordo Econômico G7
Membros do G7 escolheram uma Duofold tinteiro para assinar o Acordo Econômico em Houston.

1990/1991 Acordo de Desarmamento Nuclear
Os presidentes Bush e Gorbatchev trocaram canetas Parker ao assinarem os Acordos de Desarmamento Nuclear de 1990 e 1991. As canetas aqui utilizadas foram uma série limitada que tinha emblemas gravados com o logo em forma de apito símbolo do Fundo de Assistência as Vitimas de Calamidades Públicas no topo da tampa, feitos de metal utilizados em mísseis desarmados.

1992 Acordo Pré -Star II
Em junho de 1992, os presidentes Bush e Yeltsin assinaram os acordos pré -Start II ( redução de armas nucleares ) com Parker Duofold roller balls laranja.

1993 Tratado de Paz pelo Oriente Médio
Em 1993, o ministro do exterior de Israel, Shimon Peres, assinou o tratado de paz do Oriente médio.

1999 Assinatura do Termo de Posse do Segundo Mandato do Presidente Fernando Henrique Cardoso.
O Presidente Fernando Henrique Cardoso utilizou uma Parker 51 de ouro, originalmente do ex -Presidente Getulio Vargas, para assinar o termo de posse de seu segundo mandato em Janeiro de 1999. Fernando Henrique, por sua vez, passou a caneta a cada um de seus novos ministros para que também assinassem seus termos com a mesma caneta.
“Vocês notaram a caneta que usei?'' perguntou o presidente aos jornalistas. ..eu não sei se é de ouro. mas tem história'' comentou.


DAS PERSONALIDADES


Por mais de um século, tanto em ocasiões públicas como nos momentos particulares as canetas Parker, tem sido a escolha dos indivíduos mais eminentes no mundo. É a escolha dos lideres mundiais, desde os USA até a Rússia e por família reais da Inglaterra ao Marrocos.

Nas artes da prosa à opera, as canetas Parker são sinônimo de criação e inspiração. E nos negócios e ciência, tem sido a escolha das personalidades mundiais mais famosas, como Armand Hammer e Albert Einstein.

Quando se fala em prestígio e elegância, pessoas de bom senso escolhem Parker.

Ernest Hemingway escreveu suas grandes obras, como “Por quem os Sinos Dobram”, com uma caneta Parker.

Rainha Elizabeth II: escolhida pela nobreza de todo o mundo, a Parker é a única fornecedora de canetas e tintas para a Família real Britânica.

Joan Crawford: foi das estrelas de Hollywood que preferia as canetas Parker.

Norman Rockmell criou a sua­ primeira arte para campanhas públicas com uma caneta Parker.

O Presidente Getúlio Vargas: era um fiel usuário de canetas Parker.

O Presidente Fernando Henrique Cardoso: guarda consigo a caneta Parker 51 que era de Getúlio Vargas.

Outro célebres consumidores: Thomas Edison, Winston Churchil, Nelson Rockfeller, Giacomo Puccini, Margaret Thatcher, Lyndon Johnson, John F. Kennedy, Lee Lacocca e muitos outros.


Emporium das Canetas/Setembro-2001
Texto fornecido por Sanford do Brasil.

Voltar para Histórico dos Fabricantes



Todas as transações em nosso web site são protegidas por um software de segurança em nosso servidor que impossibilita que outras pessoas tenham acesso ao seu nome, endereço, CPF, número de cartão de crédito e outros dados. A garantia e segurança do seu pedido e suas informações são muito importante para nós.

| HOME | LOJA | CAIXA | CESTA | DÚVIDAS | CONTATO |


Copyright 2000 de Ecanetas.Todos os direitos reservados.
Direitos protegidos pela Lei 9.610 de 19.02.1998.
Desenvolvimento&Coordenação: WebSitesFactory  Design&Programação: Hamilton Teixeira